27.7.08

Olá, esta semana que passou não foi boa...:( Voltei aganhar peso, estava com 63,9 na quinta-feira. Tmabém não tomei azeite nenhum,não sabia como levar para o trabalho e pensei que não fizesse muita diferença. Possivelmente por causa disso voltaram as gulas. Mas já arranjei uma maneira de levar o azeite para o trabalho, numa garrafa de iogurte liquido ;P

Vamos la ver se esta semana corre melhor.

 

Ontem fui me atestar de alimentos para fazer saladas. Comprei alface, beterraba,cenoura e tomates. Com mais ingredientes ficam mais saborosas.

 

Queria tambem dar as boas-vindas a uma menina que também está a fazer a dieta Shangri-La : podem ver aqui o blog

Beijokas e bom fim-de-semana

 

 


18.7.08

Bom dia!

Esta semana não perdi grande coisa, mas sempre é melhor que nada.Estou com 62,8Kg ou seja perdi 300 gramitas... Confesso que não bebi muito oleo e ele avisava no livro que poderia não emagrecer se deixasse de beber. Mas hoje vou voltar à oleada!!hehe!

 

E uma novidade: vou a Portugal em Agosto!!! Weeee!!!Praia, praia, praia ,praia!!E iguarias!!lol

Beijokas e um bom fim-de-semana.


8.6.08

Já alguém fez ou ouviu falar? Deixo aqui o artigo que encontrei:

Beba água com açúcar e emagreça

 

Conheça a inovadora Dieta Shangri-lá, que lhe permite continuar comendo como bem entender

 

 

Será possível você perder 1 kg por semana comendo o que quiser, na quantidade que bem entender, sem tomar remédios nem mudar suas atividades físicas habituais? O professor de psicologia americano Seth Roberts garante que sim. Segundo ele, basta beber água com açúcar branco e/ ou tomar óleo comestível sem sabor (soja, girassol, algodão, milho, canola, azeite de oliva extralight – este último é dificílimo de achar no Brasil e não pode ser substituído por azeite extravirgem) uma hora antes ou depois das refeições.

 

Absolutamente inovador, o método do psicólogo – que perdeu 16 kg em três meses! – virou febre nos Estados Unidos e chegou há pouco ao Brasil por meio do livro A Dieta Shangri-lá (Editora BestSeller, R$ 19,90). Moderníssimo, baseia-se, quem diria, nos hábitos que tínhamos lááá na Pré-História... Roberts explica que a sua dieta atuaria num mecanismo cerebral que desenvolvemos quando ainda vivíamos nas cavernas e caçávamos para comer. Como em um dia conseguíamos alimento e em outro não, nosso cérebro aprendeu a dar a seguinte ordem para nosso corpo: sempre que puder, armazene calorias, garantindo energia para uma eventual escassez de comida. Para obedecer, nosso organismo nos fazia sentir uma fome exagerada e um prazer enorme com sabores.


 

Assim, devorávamos muito além da nossa necessidade imediata. Felizmente, os tempos mudaram e, hoje, temos comida à mão o tempo todo. O problema é que nosso cérebro ainda acha que precisamos estocar bastante gordura. Qual seria a saída, segundo Roberts? Enganá-lo com a água açucarada e o azeite. Por terem caloria sem sabor, dão a mensagem de pouca comida – ou seja, época de escassez e, conseqüentemente, de não armazenar gordura. O resultado é menor fome. Assim, você passa a querer cada vez menos comida e perde peso, mesmo sem privar-se de nada. “Embora você provavelmente não tenha ouvido falar nesse método, ele é simples, fácil de adotar e compatível com uma alimentação saudável. E você não precisa parar de comer nada”, garante Roberts

 

retirado daqui

 



RSS

Pesquisa de artigos :
 
Arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D