29.5.11

 

 

Encontrei neste site um teste que se pode fazer em casa para se saber se se sofre de hipotireoidismo ou hipertireoidismo apenas com um termometro.

 

 

Muito vezes um problema na tiróide pode influenciar a perda de peso. Claro que este teste nao subsitui um feito em laboratorio, mas pode dar umas indicações.

 

Se ao fazer este teste der algum dos indicadores positivos , associado a alguns sintomas (fadiga,etc) é melhor reconsiderar se realmente nao sofrerá de problemas da tiróide.

 

Este teste deve ser feito fora da epoca ovulatoria ( para as mulheres) pois a temperatura oscila

 

Teste:

 

Ao acordar verificar a temperatura, colocando o termómetro por baixo da língua (durante 3 minutos se o termómetro for de mercúrio)

 

Se a temperatura for:

 

  • abaixo dos 36,5º haverá a possibilidade de hipotireoidismo
  • acima dos 37,4º deverá se considerar a possibilidade de hipertireoidismo (se nao houver doença ou febre associada)

( se a temperatura for tirada na axila as temperaturas serão de 36,6 e 37 respectivamente)

 

Para mais pormenor ler o site que referi no inicio.

 

 

Sintomas de Hipotireoidismo:

 

Na criança:
 

pele seca
sonolência
déficit de atenção
constipação
intolerância ao frio
apatia



No adulto, os sintomas são de:
 

intolerância ao frio
sonolência, constipação
inchumes nas extremidades e nas pálpebras
diminuição de apetite
pequeno ganho de peso
fraqueza muscular
raciocínio lento
depressão
cabelos secos, quebradiços e de crescimento lento
unhas secas, quebradiças e de crescimento lento
queda das pálpebras
queda de cabelos

 

Sintomas de Hipertireoidismo:

 

 

fome excessiva
aumento do ritmo intestinal
nervosismo, insônia, labilidade emocional
tremores
intolerância ao calor
palpitações
emagrecimento
olhar vivo e brilhante
pele quente e úmida
unhas quebradiças, cabelo seco, quebradiço e encaracolado.

 

 

Fonte dos sintomas: http://www.abcdasaude.com.br/


2.3.10

Documentário que vi há algum tempo, sobre um rapaz que decide comer no McDonalds todos os dias durante um mês para ver os seus efeitos na saúde. Vejam o que aconteceu no final. Já está dobrado em Brasileiro (também podem ver a versão em inglês no final do post):

 

 

 

 

 

 

 



Versão em Inglês:


2.2.10

Ja tinha achado interessante o facto dela fazer uma horta na casa branca para motivar as pessoas a comerem mais saudavelmente. O pormenor de ela ter celebrado o aniversário num restaurante organico tambem me chamou a atenção.

E agora encontrei esta noticia em que colocou as duas filhas a dieta (retirado deste site):

 

O problema da obesidade afecta gravemente a população norte-americana e especialmente os mais pequenos: cerca de um terço dos adultos e pelo menos um em cada três crianças sofrem de problemas devido a questões de peso.

 

O problema é de tal forma grave que o governo dos Estados Unidos pretende lançar uma nova campanha contra a obesidade infantil, na qual Michelle Obama será a imagem e a principal porta-voz.

 

Nada melhor para dar o exemplo do que começar com a campanha na própria casa. Assim, a primeira-dama decidiu por as filhas, Malia, de 11 anos, e Sasha, de 8, de dieta.

 

«Para os meus olhos estavam perfeitas, porque não me dei conta das mudanças», afirmou Michelle Obama num evento organizado pelas autoridades sanitárias do país. Foi quando o pediatra das filhas do presidente dos EUA a advertiu para o problema que, Michelle procurou imediatamente um regime de alimentação mais saudável.

 

Barack Obama também já se mostrou preocupado com a saúde das filhas, quando afirmou que Malia estava «um pouco gordita».

Menos hambúrgueres, substituição do leite gordo por leite magro, frutas e águas em lugar de bebidas açucaradas são a chave para a melhoria na alimentação de Malia e Sasha.

«As mudanças foram significativas», reconheceu Michelle Obama.

 

Na apresentação deste projecto, a primeira-dama, acompanhada pela Inspectora Geral da Saúde do país, Regina Benjamin, falou seriamente sobre o problema que leva os Estados Unidos a gastar cerca de 100 milhões de euros por ano na luta conta a obesidade.

 

«Não é uma solução só do Governo. Todos têm de estar dispostos a pôr fim a esta crise de saúde pública. Não será fácil, nem da noite para o dia. E não acontecera simplesmente porque a primeira-dama tornou este problema na sua prioridade», afirmou Michelle Obama.


27.1.10

Obrigada pelos vossos comentários no ultimo post. Deixo aqui mais um video sobre obesidade.

 

 

</embed>
link do postPor buxi, às 16:41  Comentar

14.1.10
Vamos la ver, nao acredito muito, visto que os pais também são gulosos e vão acabar por ver os anuncios noutro horário. Ora se eles vão ver, vão acabar por comprar e os filhos acabar por comer também.
link do postPor buxi, às 11:27  Comentar


RSS
Pesquisa de artigos :
 
Arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D