11.3.09

Volto a colocar aqui um dos artigos que meti há mais de um ano aqui no blog e continua a ter interesse:

 

 

Estudo  feito pelo investigador Jesus Fernandez-Tresguerres, o qual diz o seguinte:

 

"UM ADITIVO QUE POTENCIALIZA O SABOR... E A FOME

 

Uma investigação indica que o glutamato que se adiciona aos alimentos desperta a voracidade.

 

O glutamato monossódico, chamado de E-621, é um produto tido como natural e tem sido usado indiscriminadamente por ser considerado um produto inócuo. Porém, um estudo científico em ratos, indica que o glutamato monossódico aumenta a voracidade em 40%. Tudo indica que este estudo esteja nos fornecendo algumas pistas para explicarmos a atual epidemia de obesidade.

 

O E-621 é muito utilizado em batatas fritas e em aperitivos embutidos. As salsichas são um dos alimentos que podem conter glutamato monossódico para potencializar o sabor das mesmas. O uso massivo deste produto explica porque as 200.000 toneladas de glutamato que eram produzidas em 1970 passaram para  1,5 milhões de toneladas em 2004.

 

Por que entre pessoas que comem o mesmo e fazem o mesmo exercício, umas engordam e outras não?

 

Faz algum tempo que os especialistas consideram que a epidemia de obesidade que afeta os países industrializados não é somente um problema de equilíbrio entre as calorias que são ingeridas e as que se gastam, que o sedentarismo e uma má alimentação são causas claras, porém não únicas de um fenômeno que preocupa cada vez mais as autoridades sanitárias.

 

 

Sabe-se que existem os fatores genéticos, neurológicos e endócrinos. Porém, será que existe outro elemento na alimentação que pudesse influenciar no ganho de peso? Investigações realizadas, em modelos experimentais, pelo investigador Jesus Fernandez-Tresguerres, sugerem que a ingestão de alimentos que contém glutamato monossódico, um potencializador do sabor conhecido como E-621, desperta uma fome ansiosa, até o ponto que incrementa a voracidade em 40% das ratas estudadas.

 

Segundo o investigador, o glutamato atua sobre os neurônios de uma região cerebral chamada núcleo arqueado, impedindo o bom funcionamento dos mecanismos inibidores do apetite."

 

 

 

Podem ler o resto no seguinte LINK


15.2.09

Ela já tinha sido publicada num estudo há uns anos, mas como é importante meto aqui a noticia que encontrei:

 

Cuidado, el glutamato monosódico, puede aumentar el apetito hasta un 40%

 

Muchos son los alimentos, sobre todo las carnes y los snacks que contienen el aditivo llamado glutamato monosódico (seguro que os suena porque es uno de los más conocidos, lo podéis ver en los envases como E-621). Es un saborizante también conocido como el quinto sabor, sal china o umami.

 

Pues bien, también es uno de los aditivos que se han sometido a más estudios, en nuestro país, de hecho Jesús Fernández-Tresguerres, del departamento de Fisiología de Facultad de Medicina de la Universidad Complutense de Madrid, realizó hace unos años unos estudios con ratas, con unos resultados que estoy segura les serán muy útiles a aquellos que se piensan poner a dieta.

 

La razón es que, este aditivo aumentó el apetito de las ratas que lo consumían hasta en un 40% y la explicación, que actúa sobre las neuronas de una zona donde se centran los mecanismos inhibidores del apetito, o sea, que cuando se consume se altera la sensación de saciedad.

 

Así que ya sabéis si estáis pensando poneros a dieta y no conseguís calmar vuestro apetito ya tenéis un motivo más para empezar a leer las etiquetas de los alimentos.

 

 

Fonte

 


5.3.08

Olá, a dieta tem corrido bem, estou com menos apetite. É um pouco dificil ter deixado os lacticinios mas tenho compensado e muito com legumes pois tem muito mais calcio que leite. Só para terem uma ideia hoje o meu cardapio foi:

 

PA - pera e maça cozida

PA2- Ameixa

Almoço -um filete de bacalhau com uma batata cozida

L1- Ameixa

 

Quem quiser saber mais sobre o glutamatoe e a obesidade, pode ler neste site informativo

 

 

http://tonterias.no.sapo.pt/frameall.html

 

 

 


1.3.08

Encontrei mais um estudo  feito pelo investigador Jesus Fernandez-Tresguerres, o qual diz o seguinte:

 

"UM ADITIVO QUE POTENCIALIZA O SABOR... E A FOME

Uma investigação indica que o glutamato que se adiciona aos alimentos desperta a voracidade.

O glutamato monossódico, chamado de E-621, é um produto tido como natural e tem sido usado indiscriminadamente por ser considerado um produto inócuo. Porém, um estudo científico em ratos, indica que o glutamato monossódico aumenta a voracidade em 40%. Tudo indica que este estudo esteja nos fornecendo algumas pistas para explicarmos a atual epidemia de obesidade.

O E-621 é muito utilizado em batatas fritas e em aperitivos embutidos. As salsichas são um dos alimentos que podem conter glutamato monossódico para potencializar o sabor das mesmas. O uso massivo deste produto explica porque as 200.000 toneladas de glutamato que eram produzidas em 1970 passaram para  1,5 milhões de toneladas em 2004.

Por que entre pessoas que comem o mesmo e fazem o mesmo exercício, umas engordam e outras não? Faz algum tempo que os especialistas consideram que a epidemia de obesidade que afeta os países industrializados não é somente um problema de equilíbrio entre as calorias que são ingeridas e as que se gastam, que o sedentarismo e uma má alimentação são causas claras, porém não únicas de um fenômeno que preocupa cada vez mais as autoridades sanitárias.

Sabe-se que existem os fatores genéticos, neurológicos e endócrinos. Porém, será que existe outro elemento na alimentação que pudesse influenciar no ganho de peso? Investigações realizadas, em modelos experimentais, pelo investigador Jesus Fernandez-Tresguerres, sugerem que a ingestão de alimentos que contém glutamato monossódico, um potencializador do sabor conhecido como E-621, desperta uma fome ansiosa, até o ponto que incrementa a voracidade em 40% das ratas estudadas. Segundo o investigador, o glutamato atua sobre os neurônios de uma região cerebral chamada núcleo arqueado, impedindo o bom funcionamento dos mecanismos inibidores do apetite."

Podem ler o resto no seguinte LINK



RSS
Pesquisa de artigos :
 
Arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D