Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MY ASPARTAME EXPERIMENT

 

A experiencia foi feita por uma pessoa, cujos familiares não acreditavam que os refrigerantes light ( que contém aspartame) fossem prejudiciais à saude.

Foram alvo do estudo 108 ratos e usados pacotes de adoçante da marca "Nutrasweet" dissolvidos na água ( cerca de 80 mg) - para terem uma ideia, uma lata de Coca Cola Diet contém 180 mg .

 

Este estudo começou em Março de 2002 e o último rato morreu em Novembro de 2004.

 

11 femeas e 1 macho desenvolveram tumores

.

Este rato tornou-se obeso.

 

Ainda querem comer coisas light? Eu por mim dispenso...

Para ver a experiencia cliquem no seguinte site:

 

http://myaspartameexperiment.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Autoria e outros dados (tags, etc)

Novos dados demonstram a necessidade de um maior conhecimento e maior prevenção do cancro.

 

Hoje a União Internacional Contra o Cancro (UICC) lança " I love my healthy active childhood" (Adoro a minha infância activa), uma campanha destinada a estabelecer a ligação entre o excesso de peso corporal e o cancro.

 

"Três em quatro milhões de novos casos de cancro podiam ser evitados, anualmente, prevenindo o excesso de peso e a obesidade", diz Isabel Mortara, directora executiva da UICC. "Os bons hábitos começam cedo, por isso o nosso objectivo é incentivar as crianças a terem uma alimentação saudável e serem fisicamente activas. Calcula-se que 22 milhões de crianças com manos de 5 anos têm peso a mais e o problema está a aumentar".

 

A necessidade da campanha da UICC é destacada pelas convicções e comportamentos relacionados com o cancro (www.worldcancercampaign.org/reports), um relatório de uma sondagem publicado hoje e que contém novos dados que demonstram que as pessoas não entendem que as suas opções aumentam o risco de cancro.

 

Por exemplo, cerca de 40% das pessoas no Continente Americano, na Austrália/Nova Zelândia e na Ásia Ocidental desconheciam que o excesso de peso aumentava o risco de cancro e noutras regiões o desconhecimento á ainda maior.

 

A sondagem é a primeira a fornecer dados internacionalmente comparáveis sobre convicções e comportamento em relação ao cancro. A UICC trabalhou com filiais da Gallup International em 2008 para interrogar 40 000 entrevistados em 39 países. O novo relatório proporciona uma análise de dados para oito regiões da ONU.

 

"O excesso de peso e a obesidade fazem parte da cadeia de causas de muitos cancros", diz o Professor David Hill, presidente da UICC. "Isso está claramente provado na ciência, mas não é devidamente entendido pela comunidade. De facto, a falta de entendimento do público do elo de ligação entre o peso do corpo e o cancro equivale, provavelmente, às nossas atitudes em relação ao tabaco e ao cancro nos finais da década de 1950".

 

O Dia Mundial do Cancro marca o início de uma campanha de um ano para incentivar os adultos a promoverem uma alimentação saudável e actividade física nas crianças.

"As provas acumuladas que ligam o excesso de peso e a obesidade ao cancro baseia-se largamente em estudos feitos com adultos", diz Hill. "Mas, hábitos de vida saudáveis inculcam-se melhor na primeira infância>>.

 

A campanha é apoiada pela A healthy childhood (www.worldcancercampaign.org/reports), um relatório de especialistas publicado hoje e é uma forma de colaboração da UICC com membros e parceiros para implementar a World Cancer Declaration adoptada em 2008.

 

 

Fonte

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mirtilos (Blueberries)

por buxi, em 03.02.09

Aqui há à venda mirtilos frescos, decidi experimentar e juntar ao meu pequeno almoço.

 

Têm a vantagem de serem bastante nutritivos e conterem apenas 32 calorias por cada 100 gramas. Quando pus apenas 7 mirtilos no pequeno almoço (que dá cerca de 6 gramas) , apenas continha no total 2 calorias! Não é nada! O sabor lembra amoras.

 

Deixo aqui alguns factos sobre esta fruta:

  • Acção antibacteriana, sendo actualmente aceite como tratamento para infecção urinária
  • Ajuda a melhorar a visão noturna, excelentes para prevenir cataratas e retinopatias dos diabéticos.
  • Pesquisas recentes mostram que o mirtilo também é eficaz no combate aos radicais livres e ao colesterol ruim no organismos.
  • Protecção do coração - Segundo um estudo publicado pelo Journal of Agriculture and Food Chemistry, os mirtilos fornecem 38% mais anti-radicais livres do que o vinho tinto, alimento com reputação de protector do coração
  • Um cérebro mais funcional – Estudos laboratoriais levaram a concluir que os mirtilos melhoram a memória e a coordenação motora afectada por doenças de carácter degenerativo, protegendo o cérebro dos efeitos de deterioração cerebral associados à doença de Alzheimer e por acção do envelhecimento, como perda da memória a curto prazo. São excelentes antídotos para a depressão.
  • Uma eliminação mais saudável – Os mirtilos podem ajudar a regular o trânsito intestinal e reduzir a inflamação do sistema digestivo.
  • O pterostilbeno, um antioxidante presente nos mirtilos, pode ajudar a prevenir o cancro dos intestinos, para além de baixar o colesterol, segundo revelam dois estudos científicos

Informações retiradas de : Wikipedia e Centro Vegetariano e Sol

 

Ainda deixo aqui um gráfico que mostra o indice glicemico baixo ( abaixo do valor 55) desta fruta, o que indica que é ideal para dietas:

 

Fonte

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Emagrecer ajuda a reduzir o risco de cancro, mesmo que a pessoa não esteja acima do peso, indica um novo estudo internacional publicado nesta quarta-feira pela World Cancer Research Fund, uma organização de pesquisa sobre a doença.

Este é o maior estudo sobre a relação entre cancro e estilo de vida já realizado. Os pesquisadores analisaram dados de sete mil estudos anteriores e publicaram uma série de recomendações para diminuir os riscos.

A conclusão foi que até um terço dos casos de cancro poderiam ser evitados se as pessoas mudassem seus estilos de vida.

 

Entre as recomendações estão não engordar na vida adulta, evitar bebidas açucaradas (como refrigerantes, por exemplo) e não comer carne processada, entre elas presunto, bacon e salame.

 

As pessoas com índice de massa corporal (IMC) entre 18,5 e 25 são consideradas saudáveis, mas o estudo afirma que o risco de desenvolver a doença aumenta à medida que o ICM se aproxima de 25.

O documento recomenda que todos tentem ficar o mais próximo de 18,5 possível.

Recomendações

O cancro do intestino e de mama são algumas das formas mais comuns da doença, e o relatório afirma que há evidências "convincentes" de que a gordura corporal tem papel-chave no desenvolvimento desses tumores.


Além de aconselhar a parar de comer carnes
processadas, os pesquisadores dizem que as pessoas deveriam limitar o consumo de carne vermelha a 500g por semana.

O estudo também recomenda evitar bebidas alcoólicas, mas os pesquisadores aceitam que, se forem consumidas em pequenas quantidades, elas podem ajudar a evitar outras doenças.

Refrigerantes e outras bebidas açucaradas devem ser evitadas porque engordam, e o consumo de suco de frutas também deve ser reduzido.

O documento ainda recomenda a amamentação como forma de proteção contra o câncer, argumentando que ela pode reduzir os riscos de cancro de mama na mãe e ajuda a evitar a obesidade na criança - embora isso ainda não tenha sido provado.

Gordura

Os pesquisadores afirmam que a gordura corporal é um fator chave no desenvolvimento de cancro, estimando que sua importância é muito mais alta do que se pensava.

Os autores do relatório produziram uma lista de recomendações, mas não "mandamentos".

"Se as pessoas estiverem interessadas em reduzir o risco de desenvolver câncer, seguir essas recomendações é a melhor forma", disse um dos autores, o professor Martin Wiseman.

"O cancro não é destino, é uma questão de risco, e você pode ajustar esses riscos no modo como você se comporta. É muito importante que as pessoas se sintam em controle sobre o que estão fazendo."

Acredita-se que dois terços dos casos de cancro não estão relacionados a estilo de vida, e há muito pouco que as pessoas podem fazer para evitar a doença nessas circunstâncias.

No entanto, mais de três milhões dos dez milhões de casos de cancro registrados no mundo anualmente poderiam ser evitados se as recomendações fossem seguidas, disse Wiseman.

 

 

Fonte

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Links

A Dieta

Indice

Úteis

Blogs

Pesagens

Links