Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Noticia retirada do Correio da Manhã

Nutricionista americana faz experiência com McDonald's

 

Uma nutricionista americana fez uma experiência com um ‘Happy Meal’ da cadeia de fast food McDonald’s, fotografando-o em 2009 e guardando-o, para comprovar o poder dos conservantes. Um ano depois o hambúrguer e as batatas continuavam quase iguais, sem qualquer tipo de odor ou outros sinais de decomposição.

 

O 'Happy Meal' é uma refeição que se destina a crianças e a nutricionista Joann Bruso defendeu, em declarações ao diário britânico 'Daily Mail', que o facto de não apresentar indícios de decomposição passado tanto tempo demonstra que essa comida não é saudável.

 

No decurso deste período, Bruso também afirma que nem moscas nem outros insectos foram atraídos pela refeição da cadeia McDonald's.

 

A americana afirma ainda que ‘se as moscas ignoram um ‘Happy Meal' e os micróbios não o decompõem, então o corpo de uma criança também não poderá metabolizá-lo convenientemente.

Ao longo dos anos, a cadeia de fast food americana McDonald's tem-se esforçardo para provar que os seus alimentos são de qualidade, contrariando mitos criados acerca dos mesmos.

No entanto, estudos recentes indicam que cada produto contém, em média, sete aditivos alimentares. O pão tem conservantes como cálcio e propionato de sódio, a fatia de pickle contém benzoato de sódio e nas batatas fritas são detectáveis ácido cítrico e pirofosfato ácido de sódio, que mantêm a sua cor.

A McDonald's ainda não reagiu à experiência da nutricionista mas alguns críticos chamam a atenção para o facto de Joann Bruso viver em Denver, no estado do Colorado, onde as temperaturas são particularmente baixas. Isso poderá desacelerar o processo de decomposição da comida.

 

PS: gostei particularmente da explicação final...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Registo Nacional de Controlo do Peso a 16.04.2010 às 15:16

A experiência desta nutricionista no McDonalds simplesmente remete-nos para uma verdade que há muito conhecemos... Este tipo de alimentação não é com certeza o mais equilibrado , sobretudo para quem procura iniciar um processo de perda de peso.
De qualquer forma aproveitamos para lançar um desafio aos leitores deste blogue e não só!
Existem pessoas que conseguiram resistir à "tentação" de bombas calóricas como é o caso do McDonald's e que conseguiram perder e manter o peso.

Essas pessoas são verdadeiros casos de sucesso que nos podem ajudar a identificar os métodos associados à perda de peso bem sucedida e, simultaneamente, descrever as estratégias de manutenção do peso adoptadas. Pessoas que ao participarem no Registo Nacional de Controlo de Peso , poderão com o seu exemplo ;inspirar outras e ajudá-las a ter sucesso na gestão do peso corporal.
O Registo Nacional de Controlo do Peso é um registo nacional voluntário de pessoas com sucesso na redução estável do peso.
A informação deste registo integra-se nos objectivos do Observatório Nacional de Obesidade e Controlo do Peso,liderado pela Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade.

Está enquadrado por uma parceria entre a Faculdade de Motricidade Humana Direcção Geral da Saúde - Plataforma Contra a Obesidade para iniciativas no âmbito da prevenção da obesidade.
O recrutamento para o Registo está aberto em permanência!

Por isso, se conhece alguém que tenha mais de 18 anos de idade e que tenha perdido , pelo menos, 5kg do seu peso corporal nos últimos 15 anos e tenha conseguido mantê-lo pelo menos por 1 ano, é um caso de sucesso que merece ser estudado

Saiba mais em "http://www.registodopeso.net/ e visite-nos na nossa página no Facebook.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Links

A Dieta

Indice

Úteis

Blogs

Pesagens

Links