De CC a 24 de Janeiro de 2010 às 13:33
Olá minha querida.

Eu sinceramente achava mto bem, porque a comida e a obesidade é realmente um vicio. E temos que fazer como os alcoolicos e os drogas sim, não podemos ter recaidas senão voltamos ao mesmo.

Beijocas e mta força.

De sara a 24 de Janeiro de 2010 às 16:42
Bem, penso que impedir alguém gordo de comprar comida seria um pouco discriminativo e humilhante... até porque há pessoas que se entopem de junk food e não engordam e essas tb não deveriam comer. O que eu acho é que devia vir um aviso nessas comidas, como vem no tabaco, a dizer que faz mal à saúde!Beijokas!

De Su a 25 de Janeiro de 2010 às 10:01
Eu achava óptimo em teoria. na prática as pessoas podiam sentir-se ainda mais discriminadas por estarem acima do peso. Como é que se ia impedir uma pessoa obesa de comprar bolachas nos supermercados? Ou uma mãe magra de comprar imensos chocolates e porcarias para dar aos seus filhotes? (sim, a causa da obesidade infantil são os pais) É uma boa ideia, mas seria realmente difícil de implementá-la.

Acho que melhor que isso era uma campanha de sensibilização contra determinados alimentos. Mitos como "o açúcar dá energia" e "o leite é o melhor alimento" ainda precisam de ser desmistificados.

As pessoas comem mal porque muitas vezes nem sabem o que estão a comer e confiam na propaganda altamente errada de marcas alimentares. O que se devia regular eram esse tipo de anúncios!