Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Artigo retirado daqui

 

Pesquisa inglesa mostra que medievais consumiam cerca de 3.500 calorias diárias. A diferença estava no tipo de alimentação e no menor nível de sedentarismo

 


Não se trata de roubar comida. Pesquisador inglês afirma que a dieta daquela época era melhor do que a actual. Os ingleses da Idade Média tinham uma vida difícil, porém consumiam mais peixes, frutas, vegetais, grãos e especialmente muito pouco açúcar refinado.

 

A busca por uma dieta ideal tem feito os pesquisadores se voltarem para o passado, tentando encontrar padrões mais saudáveis que possam ser aplicados nos dias de hoje.

Até mesmo a Santa Ceia já foi usada como referência, já que aparecem os mesmos componentes citados na pesquisa inglesa. Pães, peixes, vinho tinto e azeite, as bases da chamada dieta mediterrânea redescoberta há alguns anos.

Os europeus da Antiguidade tinham que se preocupar com as doenças infecciosas que dizimavam populações, por conta da falta de higiene. Já os actuais, sofrem com as doenças coronarianas fruto do moderno estilo de vida, ansioso e preguiçoso.

 

A mesma observação feita com relação aos antigos ingleses pode ser trazida para a vida no início do século passado, quando o estilo de vida de nossos avós era mais activo em termos de gasto energético, além de uma quantidade maior de produtos naturais.

 

Um cidadão medieval consumia em média 3.500 calorias por dia, e trabalhava 12 horas em serviços braçais. Os civilizados cidadãos ocidentais modernos consomem talvez a mesma quantidade de calorias, porém com muito mais produtos industrializados e muito menos esforço graças aos controles remotos, escadas rolantes e elevadores.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Links

A Dieta

Indice

Úteis

Blogs

Pesagens

Links