8.10.09

Seis estudos apresentados na conferência de 2002 da Experimental Biology (EB), acrescentam razões para o consumo de amêndoas. Os estudos indicam que ingerir uma porção de amêndoas diária, como parte de um estilo de vida saudável, pode diminuir os níveis do colesterol "ruim", ou o LDL, e ajudar a reduzir o risco de doença cardíaca.

 

"Para cada 1% na redução do colesterol, há uma redução de 2% do risco de uma doença cardíaca", disse o Dr. Victor Fulgoni que conduziu a análise. Isso significa que caso uma pessoa tenha um nível de colesterol de 200 miligramas por decilitro ou superior -ou seja, aproximadamente 102,3 milhões de americanos - 53,8 milhões de mulheres adultas e 48,2 milhões de homens adultos podem diminuir seus níveis de colesterol para 190 miligramas por decilitro ao consumir amêndoas, como parte de uma dieta saudável, e reduzir o risco do desenvolvimento de uma doença cardíaca em 10%.

 

Outro experimento clínico conduzido na Universidade de Toronto sugeriu efeitos similares das amêndoas. O estudo mostrou que homens e mulheres que ingeriram aproximadamente uma porção de amêndoas diariamente diminuíram seu colesterol LDL em quase 3%. Esse estudo mostrou uma redução maior ainda no colesterol LDL em homens e mulheres que ingeriram quase 2 porções diárias de amêndoas, significando que o efeito das amêndoas na redução do colesterol não se limita a uma porção. Ao mesmo tempo, todas os indivíduos no estudo, os que ingeriram 1 porção e os que ingeriram mais de uma, mantiveram seu peso o tempo todo.

 

Um estudo da Universidade Tufts sugeriu que os nutrientes encontrados nas amêndoas e em sua pele, juntos, podem oferecer uma quantidade maior de proteção do que quando esses nutrientes são ingeridos separadamente. Outro estudo, da Universidade da Califórnia, sugeriu que existem compostos anti-oxidantes na casca da amêndoa - além de sua forma natural da vitamina E - que pode proporcionar efeitos positivos na saúde quando ingeridos com a parte comestível da amêndoa.

 

Um estudo da King's College em Londres mostrou que as paredes da célula das amêndoas participam da absorção da gordura da amêndoa pelo corpo. Ao ingerir amêndoas, a mastigação rompe somente algumas paredes da célula, deixando algumas amêndoas intactas. "Devido a algumas amêndoas terem se mantido intactas, nem toda a gordura foi liberada para a digestão. Isso sugere que as amêndoas podem ser um alimento com mais baixas calorias do que o suspeitado, pois nem todas as calorias da gordura são absorvidas", comentou a Dra. Karen Lapsley.

 

Fonte

 

 

 

tags:
link do postPor buxi, às 21:40  Comentar

RSS

Pesquisa de artigos :
 







livro gratis sugar blues em portugues

livro gratis sugar blues em portugues

livro gratis sugar blues em portugues




Arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


Visitas